sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Fwd: Rede entrevista James Macinko

James Macinko
BIO (por Rede APS): James Macinko é um investigador dos serviços de saúde com foco na atenção primária à saúde. Desde 2003 ele trabalha como professor-assistente de saúde pública na Universidade de Nova York. Sua pesquisa se concentra na avaliação do impacto das reformas e mudanças na política de saúde, desenvolvendo instrumentos para avaliar o desempenho dos cuidados primários, e explorar o vasto papel dos sistemas de saúde e serviços na produção e potencial redução das disparidades globais de saúde. Sua experiência de campo inclui a avaliação dos programas de atenção primária à saúde e políticas na América Latina e no Caribe; avaliação dos programas de desenvolvimento da microempresa na África e na América Latina, a assistência da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional e da Organização Mundial da Saúde para desenvolver indicadores para avaliar a prevenção de doenças infecciosas e programas de controle na África Subsaariana, a monitorização das eleições de coordenação na Etiópia, e trabalhando com as comunidades latinas, em Washington DC, Filadélfia e Nova York, para identificar e eliminar as barreiras aos cuidados de saúde primários.
 


DESTACAMOS:

Quais são os aspectos que você considera positivos e negativos ou que poderiam ser aprimorados no sistema único de saúde brasileiro?   
A pergunta é importante e muito abrangente. Para mim, sobretudo alguém que vem dos EUA onde não temos sistema único de saúde, não temos o SUS... 
 
O que você acha importante e que poderia ser aprimorado?   
Uma coisa que já vimos em várias pesquisas e que necessitam de debates e apresentações... é essa ênfase que continua nos cuidados agudos e nos cuidados hospitalares...
 
Você acha que com os recursos que já dispõe poderia fazer mais?
Acho que poderiam ser melhor distribuídos...
 
Quais são os avanços que você vê na área de APS no Brasil?
Bom, como já falei várias vezes, a área de APS no Brasil virou referência mundial... 
 
Para você, qual a importância da APS dentro do contexto sistema de saúde?
... um sistema de saúde que tem como base a Atenção Primária e que o centro do sistema é a Atenção Primária funciona melhor. Isso não quer dizer que não precise de outros, precisa sim, mas é a própria APS que coordena...
 
Qual a importância que você vê nas metodologias de avaliação nos serviços de sistemas de saúde?
... o PCATool é um avanço porque de um lado foram validados e respondem não a opinião das pessoas, mas refletem numa avaliação da experiência das pessoas que trabalham no sistema e também a dos usuários dos serviços foram validados...  

 


FONTE: Rede APS <contato@rededepesquisaaps.org.br>
Data: 12 de janeiro de 2011 16:12