quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Abordagem para o HIV em pacientes da Atenção Primária

Nos diz o consenso:
Ambos os especialistas em HIV e MFC (médico de família e comunidade) devem ser capazes de avaliar um paciente infectado pelo HIV em todos os seus estágios. MFCs devem consultar um especialista em HIV quando iniciar ou ao mudar um tratamento (III).
MFCs devem envolver os pacientes nas decisões (III).
MFCs devem agendar consultas de monitoramento a cada 4 meses se o paciente está clinicamente estável. (III)

 Mais informação pode ser encontrada aqui:
http://www.hivguidelines.org/wp-content/uploads/primary-care-posted-11-16-2010.pdf

Publicado originalmente por Ricardo Alexandre de Souza em http://medicinadefamiliabr.blogspot.com