domingo, 23 de outubro de 2011

Conferência Mundial sobre os Determinantes Sociais da Saúde: Todos pela equidade. Equidade para todos.

Foi divulgada a Declaração do Rio no encerramento do evento

Foi divulgada no encerramento da Conferência Mundial sobre os Determinantes Sociais da Saúde, no Forte de Copacabana, a Declaração do Rio, disponível no portal da Conferência Mundial. O documento, com sete páginas, endereça a questão da equidade social e em saúde e destaca cinco áreas de ação:

-Governança para o enfrentamento das causas mais profundas das desigualdades em saúde: implementando ações sobre os DSS

-Promover a participação: lideranças comunitárias para ação sobre os determinantes sociais"

-O papel do setor saúde (incluindo os programas de saúde pública) na redução das desigualdades em saúde

-Ação global sobre os determinantes sociais: alinhando prioridades e parceiros interessados

-Monitorando o progresso: mensurações e análises para informar as políticas sobre determinantes sociais

A vice-presidente da Conferência, Maria Guzenina Richardson, afirmou que: "O tópico da Conferência é muito rico para todos os países do mundo. E enfrentamos os mesmos desafios em todo o planeta. Saúde e outros problemas estão ligados aos Determinantes Sociais. Sempre que esse número de pessoas tão determinado se reúne, há esperança", destacou.

Já o ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, lembrou que "O acesso à saúde é também um tema de relevância no contexto de desenvolvimento sustentável. Tema em questão na Rio +20. A conferência que encerramos hoje é um importante passo no caminho da Rio +20″. Patriota encerrou seu discurso com a frase: "Todos pela equidade. Equidade para todos."

Acesse os Documentos de Referência:
Declaração do Rio de Janeiro:
WHO-World Health Organization. Rio Political Declaration on Social Determinants of Health. Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: WHO; 2011.
Documento Técnico usado para a discussão da Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais da Saúde:
Fonte: Equipe CMDSS
Publicado Por Leonardo C M Savassi