segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Mestrado Profissional na UFMG

Medicina abre portas para Mestrado Profissional

Com um mercado de trabalho exigente e dinâmico, profissionais de diversas áreas procuram cada vez mais se qualificar melhor em suas funções. E com esse objetivo, a diretoria da Faculdade de Medicina está desenvolvendo um trabalho para a estruturação do Mestrado Profissional em Saúde, modalidade que consiste em oferecer uma ênfase mais mercadológica, profissional, e menos acadêmica em seus cursos. O público alvo é o profissional que procura ampliar seus conhecimentos e habilidades práticas em sua área de atuação.

"É um mestrado não acadêmico, vinculado a atividades profissionais. Tem o objetivo de simplificar e abreviar a formação do mestre", explica o professor Eduardo Bambirra, do Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal (APM). A proposta é inclusive que o Mestrado Profissional possibilite interfaces com outras áreas da saúde, tais como enfermagem, fisioterapia e odontologia.

"Esse é um mestrado que está mais próximo da realidade de vários profissionais da Faculdade de Medicina", completa Eduardo.

Diferença entre Mestrado acadêmico e profissional
Hoje, no Brasil, a cultura predominante é a do Mestrado Acadêmico, aquele voltado para quem vai atuar como docente em escolas e faculdades ou para os que seguirão o ramo da pesquisa. O enfoque do curso é mais teórico, baseado em livros, artigos e dissertações cientificas. Os alunos têm uma tendência maior a se dedicar integralmente aos estudos, deixando a vida profissional em segundo plano.

No mestrado profissional, a história é diferente. Voltado para um público de profissionais em atuação no mercado, os cursos dessa modalidade são práticos, com discussões baseadas na vivência cotidiana dos alunos.Um dos pilares dessa modalidade de mestrado é proporcionar ao aluno trazer do seu trabalho experiências que contribuam com a sua qualificação. O objetivo é formar profissionais mais completos e complexos para o mercado de trabalho.

Com objetivos distintos, mestrado acadêmico e mestrado profissional conferem, no entanto, titulação de igual peso.

Mais informações: Professor Eduardo Bambirra bambirra@medicina.ufmg.br.