segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Dicas de segurança da AAP para o Natal

A American Academy of Pediatrics lança recomendações para um Natal seguro. Seguem as recomendações:

Árvores de Natal
  1. Certifique-se, se você selecionou uma árvore artificial, que ela é resistente à chama.
  2. Ao optar por uma árvore viva, encontre uma nova. Ela deve ser verde, ter um tronco pegajoso e pontas que não se dobram, caiam ou se quebrem facilmente. Estes são sinais de que uma árvore é nova e menos susceptível de se tornar material combustível para incêndio.
  3. Criar uma barricada/ guarnição de alguns centímetros fora da parte inferior do tronco para ajudá-lo a absorver mais água e encher o pé da árvore com água regularmente.
  4. As árvores não devem ser colocadas em áreas de trânsito intenso na casa ou próxima a lareiras, radiadores ou aquecedores portáteis (tudo bem que o Natal ocorre no verão brasileiro).

Luzes do Natal
  1. Quando pendurar as luzes da árvore, sempre se certificar de que cada lâmpada funciona e não há fios desgastados, tomadas quebradas ou conexões soltas.
  2. Para evitar choque elétrico, luzes elétricas nunca deve ser usadas em uma árvore metálica.
  3. Ao decorar com luzes externas, verifique se as luzes foram certificadas (no Brasil, pelo InMetro) para uso ao ar livre.
  4. Ganchos e grampos isolados, ao invés de pregos ou tachas, devem ser usados ​​para manter as luzes no lugar.
  5. Todas as luzes devem ser ligadas a circuitos com interruptores de aterramento do circuito para evitar choques potenciais.
  6. Nunca deixe as luzes acesas quando não estiver em casa, porque um curto-circuito pode provocar um incêndio.
  7. Quando for a hora de retirar as luzes, não puxe ou dê trancos sobre elas.

Decorações
  1. Apenas materiais resistentes devem ser pendurados em uma árvore.
  2. Escolha apenas enfeites de plástico, ou sem leads, ou gelo artificial.
  3. Chamas livres, tais como velas acesas, não deve ser colocados perto de uma árvore ou em qualquer área onde as crianças possam tocá-los ou derrubá-los.
  4. Evitar decorações que sejam afiadas ou quebráveis ​​- especialmente na presença de crianças pequenas em casa.
  5. Decorações com partes pequenas ou aquelas que se parecem com balas, doces ou alimentos também não deve ser utilizados perto de crianças pequenas, que poderiam engolir ou engasgar com elas.
  6. Use luvas e siga as instruções com cuidado quando usar "vidro fiado", conhecido como "cabelo de anjo", ou sprays neve falsa.

Embalagens

  1. Todos os papéis de embrulho, sacos, fitas e laços devem ser removidos de áreas lareira, uma vez que os presentes foram abertos para evitar riscos de incêndio.
  2. Rapidamente descarte sacos plásticos e fitas longas, que possam representar riscos sufocação para crianças pequenas.




Brinquedos


  1. Certifique-se de selecionar brinquedos apropriados para a idade certa, para combinar as capacidades, habilidades e interesses de cada criança, e para evitar possíveis perigos, como asfixia em peças pequenas ou baterias.
  2. Dar às crianças abaixo de 10 anos brinquedos que funcionem com bateria ao invés daqueles que necessitem conexão a uma tomada elétrica.
  3. Cordas e fitas devem ser removidos antes de dados a crianças pequenas, e mesmo assim só os indicados para evitar estrangulamento, particularmente fitas maiores que 12 centímetros de comprimento.
  4. Brinquedos devem ser mantidos em um local designado para manter aqueles indicados para os jovens fora do alcance dos mais novos.

Alimentos

  1. Mantenha os líquidos quentes e alimentos longe das bordas de mesas e balcões de onde possam ser facilmente alcançados por crianças pequenas ou derrubados.
  2. Certifique-se de crianças não têm acesso aos fornos de microondas.
  3. Cozinhe carnes e aves, e lave os vegetais crus e frutas para evitar bactérias nocivas.
  4. Lave as mãos com frequência e use utensílios separados durante a preparação de alimentos. Isto também ajudará a evitar infecção bacteriana.
  5. Descongele a carne crua na geladeira e coloque alimentos para cozinhar faltando apenas duas horas para a preparação.


Visitante

  1. Limpar a casa imediatamente após uma festa, para que as crianças não estejam sujeitas a situações potencialmente perigosas na manhã seguinte, como restos de alimentos estragados ou bebidas alcoólicas.
  2. Lembre-se que nem todas as casas que você visita são "a prova de crianças", e torne-se ciente dos perigos potenciais, como medicamentos acessíveis e armários de limpeza.
  3. Mantenha uma lista plastificada de números de telefone importantes, como a polícia, bombeiros e médico responsável, em caso de uma emergência.
  4. Viagens e festividades do feriado podem ser estressantes para as crianças. Tente manter o sono das crianças com cochilos, comendo nos horários corretos, para ajudá-los a ficar mais confortáveis.

Lareiras

  1. Remova todas as decorações da área de lareira e tenha certeza de que a chaminé está aberta antes de acender o fogo.
  2. Deixe iluminadores/ sinalizadores, que produzem chamas coloridas, longe das crianças. Elas contêm metais pesados ​​que podem causar irritação gástrica intensa e vômitos se ingerido.
  3. Não queime papel de embrulho na lareira.
  4. [nota] Tudo bem que no Natal brasileiro lareiras são dispensáveis, mas há quem leve a tradição muito a sério.


E, não custa lembrar, comemore e bebemore com moderação e, se beber, não dirija.

O Blog Medicina de Família - Brasil deseja um Feliz Natal a todos os seus leitores.


Publicado por Leonardo C M Savassi