sexta-feira, 12 de março de 2010

Consenso Africano de Medicina de Família

Statement of consensus on Family Medicine in Africa

Lançado o Consensus Statement da África, que traz as definições da especialidade para aquele continente.

Segundo os autores, a Medicina Familiar é uma especialidade emergente na África Subsaariana, mas sua contribuição para a saúde, cuidados primários e serviços de saúde distritais é limitado pela falta de uma definição regional. A compreensão mais clara da especialidade serve para orientar governos, órgãos de saúde e instituições acadêmicas no contexto Africano.

A 2 ª Conferencia Regional Africana da WONCA (Organização Mundial de Médicos de Família) realizada em Rustenberg, África do Sul no mês de outubro de 2009, com participantes da África sub-saariana, resultou no desenvolvimento de uma declaração de consenso em Medicina de Família.

A declaração de consenso acordada pela conferência definiu a contribuição da Medicina de Família para a eqüidade, qualidade e atenção primária à saúde dentro de um contexto Africano, bem como o papel e as necessidades de formação do médico de família.
Foi dada especial atenção à participação das mulheres na Medicina Familiar.


Para conhecer o consenso, acesse:

Page Header Logo

Créditos pela Notícia:
Eno de Castro Filho
Grupo de Discussões da SBMFC