segunda-feira, 31 de maio de 2010

Confirmado: escovação dental previne doenças cardíadas

Toothbrushing, inflammation, and risk of cardiovascular disease: results from Scottish Health Survey

Já era do campo de conhecimento da ciência que as bactérias da boca, especialmente as patogênicas, estão associadas a problemas cardiovasculares, mas este estudo do British Medical Journal (BMJ) associa a escovação infrequente a um maior risco de doença cardíaca, inclusive relacionando o número de escovação mínima associado a eventos cardiovasculares: os adultos que escovam os dentes menos de uma vez por dia enfrentam risco aumentado.

desenho-de-dente-para-colorir

Cerca de 12.000 adultos escocêses responderam a perguntas sobre higiene bucal e, em seguida, foram seguidos por 8 anos.
Durante esse período, houve 555 eventos de doença cardiovascular, incluindo 170 mortes.

Após o ajuste para fatores de confusão, os participantes que escovavam os dentes menos de uma vez por dia tinham 70% mais probabilidade de sofrer doenças cardiovasculares do que aqueles que escovavam duas vezes por dia. Em uma análise de subgrupo, a má higiene oral também foi ligada a níveis elevados de proteína C-reativa e fibrinogênio.

Segundo os autores há "um possível papel de má higiene oral no risco de doença cardiovascular através de inflamação sistêmica", e sublinham a importância de orientar os pacientes sobre os benefícios de uma boa saúde bucal.

O artigo completo está disponível em livre acesso, mas durante as últimas tentativas, o acesso teve problemas, provavelmente devido ao volume de acessos a este artigo específico. O link para o abstract é o seguinte:

BMJ - helping doctors make better decisions

Link para o artigo completo: http://www.bmj.com/cgi/reprint/340/may27_1/c2451