domingo, 10 de abril de 2011

No more excuses!





Este
post é para você que não pára de reclamar que trabalhar no PSF é difícil porque todos os dias vão as mesmas pessoas. Com as mesmas queixas. Com os mesmos problemas.

Para você que não aguenta mais trabalhar todas as mesmas 40 horas por semana (40 mesmo?).

Que acha a remuneração ruim...
Que se cansou de estar à mercê de gestores que nem sempre compreendem o seu trabalho.

Até mesmo para você que não sabe porque escolheu estudar medicina.

Este
post é sobre um artigo que publicaram na American Academy of Family Phisicians, com nada menos que 14 sugestões de práticas alternativas da medicina de família, a saber:

1.Médico de resort
2. Médico de prisão
3. Médico "ao ar livre" (de atenção domiciliar)
4. Diretor clínico

5. Médico temporário (locum tenens)
6.Legislador (requer ser eleito, diga-se de passagem)
7.Urgência (se você gosta de plantões)

8."Hospitalist" (tipo horizontal)

9.Administrador
10.Práticas focadas (?)

11.Saúde pública e epidemiologia

12.Pesquisa (boa sorte!)

13.Negócios privados: palestrante, consultor, trabalho autoral como escritor, por exemplo. Ou vendas de insumos ou softwares médicos.
14.Educação (eu apoio!)

Será???

Bom, se você quer dar aquela guinada na sua carreira, clique aqui para saber mais.

Um abraço!


G.


Publicado originalmente por Gustavo Landsberg em http://medicinadefamiliabr.blogspot.com